COMPARATIVO DA MORTALIDADE EMPRESARIAL NOS ÂMBITOS MUNICIPAL, ESTADUAL E NACIONAL

Gilmar Antônio Vedana

Resumo


O mercado globalizado exige um grande esforço por parte das organizações, visando sua sobrevivência e competitividade. O sonho de obter sucesso em um empreendimento trilha um caminho repleto de obstáculos e desafios oriundos de ambientes internos e externos, colocando em risco a permanência da atividade empresarial. O objetivo deste estudo é comparar os índices de mortalidade empresarial nos âmbitos municipal, estadual e nacional. A pesquisa utilizou informações coletadas através da Junta Comercial de cada estado. Para os comparativos utilizou-se informações do município de Ampére, localizado no Sudoeste do Paraná, comparando-os com os índices do estado do Paraná e do Brasil. Utilizou-se uma abordagem qualitativa para a pesquisa. No referencial teórico procura-se abordar sobre mortalidade empresarial, relatando os estudos sobre o tema no mundo e no Brasil, além de tratar sobre os fatores que causam a mortalidade e sobre o ciclo de vida das organizações. Mediante o referencial teórico nota-se que não há um fator que isoladamente provoque a extinção de uma empresa, o fenômeno ocorre por uma combinação de fatores. Através da pesquisa foi possível perceber que o município de Ampére possui o melhor índice de mortalidade empresarial em comparação aos índices estadual e nacional, já o índice estadual é o pior entre as três esferas públicas, sendo o 9° estado brasileiro com pior índice. Constatou-se que nas três esferas públicas o ano de 2014 foi o que contribuiu significativamente para a piora dos índices de mortalidade, reflexos da crise econômica nacional vivenciada. O ano de 2014 também foi o ano que menos nascimentos de empresas ocorreram nos últimos cinco anos, possivelmente como causa da insegurança perante a instabilidade econômica do país.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN: 1679-9844 
  

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.