A EJA NA GESTÃO AMBIENTAL PÚBLICA: A RELEVÂNCIA DO PROJETO PESCARTE NA AÇÃO EDUCATIVA FORA DO CONTEXTO ESCOLAR

Mônica do Nascimento Brito

Resumo


Levando-se em consideração que as contradições da sociedade capitalista são muitas e que o Estado atua de forma mediadora nas relações entre interesses coletivos e particulares que abrangem diversos grupos sociais, este artigo mostrará que a Educação Ambiental deverá ser tratada de forma crítica e transformadora, procurando inserir a educação ambiental em diversos grupos sociais. Assim, o presente trabalho analisa como Projetos de Educação Ambiental (PEA’s), o projeto Pescarte, que atua com pescadores artesanais e seus familiares, que vem apresentando-se como importantes instrumentos para estimular o diálogo e a participação comunitária, a partir da ótica da educação popular. Utilizando métodos como a realização de questionários, articulação de contatos e a escuta sensível, torna-se possível uma aproximação para com as comunidades pesqueiras, viabilizando uma melhor inserção no campo e proporcionando um reconhecimento dos saberes tradicionais daquela comunidade por parte de seus membros. Com isso a educação informal com jovens e adultos se estabelece de maneira sistêmica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexing:

       
   
   
   
ISSN: 2358-8411 
 

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.