A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS SOB O VIÉS DA HISTÓRIA E DE REPTOS CONTEMPORÂNEOS

Cristiana Barcelos da Silva, Clarissa Menezes de Souza Poubel

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo suscitar discussões em torno da trajetória das iniciativas e políticas de Educação de Jovens e Adultos (EJA) no Brasil. Como foco de análise utilizou alguns estudos históricos que evidenciaram políticas e ações relativas à EJA no país. Pretendeu traçar um percurso temporal, observando os marcos legais, o conteúdo de iniciativas de ação e algumas estatísticas pós anos 2000. A partir da leitura de autores basilares como Beisiegel (1982), Ventura (2001) e Di Pierro (2005) esperou estabelecer relações e compreender como e quando foram desenvolvidas as principais propostas de educação sistematizadas para o público jovem e adulto, assim como suas características e o contexto em que foram implementadas. Partindo de perspectiva crítica, foi possível concluir que discutir escolarização para o público da EJA, significa perceber olhares, sentidos, forças e conflitos.  Plausível apontar também, para a veemente necessidade atual de ações que impulsionem a elevação da escolaridade e, portanto, de políticas públicas estáveis e duradouras para uma EJA de qualidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexing:

       
   
   
   
ISSN: 2358-8411 
 

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.