A ARTE DO BEM MORRER

Hildeliza Lacerda Tinoco Boechat Cabral

Resumo


Ortotanásia é um tema atual, polêmico e pouco debatido no contexto jurídico, acadêmico e da sociedade, embora seja um assunto de grande importância, qual seja, o fim da existência humana, o que justifica essa abordagem, além de se constituir o eixo em torno do qual gravitam os debates deste congresso. Trata-se de proteger a pessoa no momento mais delicado de sua vida, que é o fim da existência humana. Etimologicamente, “morte na hora certa”, a Ortotanásia visa à adoção de cuidados paliativos capazes de minorar a dor e o sofrimento, não prolongando o processo doloroso de morte do paciente em estado terminal. O presente artigo buscou reafirmar a importância de se promover a humanização da medicina no delicado momento da finitude da vida humana, demonstrando que além de se preservar a vida digna, é necessário promover o bem morrer, a fim de que sejam cumpridos os ideais de cidadania e dignidade insculpidos na Constituição Democrática de 1988.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexing:

       
   
   
   
ISSN: 2358-8411 
 

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.