A INFLUÊNCIA DO LEGADO FAMILIAR NA HISTÓRIA PESSOAL: um estudo sobre o processo de individuação

Rosilene Santos da Silva, Ieda Tinoco Boechat

Resumo


O presente artigo se dispõe a compreender como os pais cuidam para que o legado recebido de seus próprios pais seja passado a seus filhos, ao mesmo tempo em que estes buscam conciliar aquilo que lhe é delegado pelo seu sistema familiar com o que, de fato, almeja na constituição de sua individualidade. Busca-se, assim, por meio de uma pesquisa bibliográfica, resposta para a questão: quais as implicações na vida dos filhos da cobrança ao cumprimento do legado familiar por seus pais? Abordam-se, então, temas fundamentais para nortear a discussão, tais como os conceitos de legado e lealdade familiar, os ciclos de vida familiar, a matriz familiar e o processo de individuação, muito pertinentes quando se busca estudar a influência do legado e da lealdade familiar na vida de um indivíduo. Ilustra o debate a estória de Tonho, no filme Abril Despedaçado, dirigido por Walter Salles (2002). Conclui-se, então, que a diferenciação do indivíduo no seu sistema familiar dependerá de uma reflexão sobre o que lhe é oferecido/imposto por este sistema, bem como sobre o que ele anseia para a própria vida.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexing:

       
   
   
   
ISSN: 2358-8411 
 

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.