Suicídio: um desafio à escuta fenomenológica.

Fernando Magliano

Resumo


O que poderia denunciar mais a crise de uma época do que a expressão e disseminação de existências malogradas? Pois estresse, ansiedade, depressão, fobia social, desordens alimentares, automutilação, solidão e suicídio assolam cada vez mais pessoas ao redor do mundo. Dentre as mais variadas expressões contemporâneas de angústia e sofrimento, o suicídio apresenta um desafio particular à escuta fenomenológica. Por isso, perguntamos: estamos nós, psicoterapeutas, preparados para lidar com o fenômeno do suicídio? Ademais, somos capazes de escutar estas experiências sem recair em alguma forma de discurso moral? Eis algumas questões sobre as quais ainda precisamos pensar.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexing:

       
   
   
   
ISSN: 2358-8411 
 

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.