ESTUDO DA ERGONOMIA EM FACE DOS CONCEITOS DE INOVAÇÃO ORGANIZACIONAL

Smith Araújo de Oliveira, Flávio de São Pedro Filho, Vanessa Piffer, Fabrício Moraes de Almeida

Resumo


Este estudo trata da ergonomia, das práticas e dos fatores ambientais que influenciam na saúde, segurança e bem estar dos colaboradores que desenvolvem suas atividades laborais em um estabelecimento do ramo alimentício localizados na cidade de Porto Velho-RO. Neste cenário este estudo busca responder à seguinte pergunta: Quais os elementos ergonômicos que influenciam no setor da cozinha industrial do estabelecimento em estudo? Esse trabalho traz como objetivo geral estudar os elementos ergonômicos na cozinha industrial portovelhense para inovar a sua gestão; e para se alcançar os resultados traz como objetivos específicos caracterizar o ambiente em estudo com foco na sua ergonomia (1); levantar as principais práticas que refletem diretamente na ergonomia (2), e propor a inovação requerida nos processos de forma a aperfeiçoar os aspectos ergonômicos no estabelecimento estudado (3). Aplica-se o Método de Estudo de Caso e os procedimentos requeridos. A tarefa tem base na Teoria Motivacional dos dois Fatores de Herzberg. Como resultado, se observa que fatores ambientais interferem no desempenho dos funcionários; e como proposta de inovação se recomenda remodelar o espaço ergonômico, contratar consultoria em segurança do trabalho, bem como a implantação de programa de ginástica laboral. Esse estudo tem a finalidade de produzir conhecimento para a academia, assim como propor resolução de problemas que afetam o cotidiano de empreendedores, gestores, colaboradores que desempenham suas funções em cozinhas industriais assim como demais trabalhadores de áreas afins.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexing:

       
   
   
   
ISSN: 2358-8411 
 

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.